Quinta-feira, 19 de Maio de 2011

Divergências sobre Rendimento Social de Inserção e negociação com a "troika" marcaram debate Portas/Louçã

O Rendimento Social de Inserção (RSI) e as pensões dominaram hoje o debate entre Paulo Portas e Francisco Louça na SIC, marcado ainda pelas divergências entre BE e CDS-PP sobre a negociação com a "troika". Lusa

 

Este debate teve uma audiência média de 1.015.615 espectadores e 27.9% de share. Passou para o 14º lugar do TOP dos debates com maior audiência desde 1995.

publicado por rgomes às 23:29
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 17 de Maio de 2011

PP Coelho - F Louçã

Mais um debate morno. Poucos argumentos novo, repetições, dejá vu.

O debate entre Francisco Louçã e Pedro Passos Coelho mostrou o líder o BE a recorrer a documentos para evidenciar as contradiuções dos seus adversários.

Do lado de Pedro Passos Coelho, o mesmo ritmo, o ar colegial e muito palavroso, sem a acutilância de Portas e Sócrates. PP Coelho não mostra evolução na sua prestação televisiva. Mantém o registo.

Este debate foi dos mais vistos, ao ter uma audiência média de 1.010.995 pessoas e share de 30.2% e passou para o TOP dos debtaes com maior audiência desde 1995.

O confronto entre Paulo Portas e José Sócrates, em 09 Maio 2011 continua a ser o mais visto, desta campanha, ao atingir uma média de     1.483.298 espectadores.

publicado por rgomes às 22:56
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Maio de 2011

Debate Louçã/Jerónimo com menos audiência

Foi o debate para as legislativas com menor audiência até ao momento.

Teve uma audiência de 894 mil espectadores e share de 24,2%.

publicado por rgomes às 16:52
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Maio de 2011

Louçã ganhou. E nos votos? talvez o PSD

Num mero jogo de confronto directo, Louçã foi melhor. Conduziu o debate através de um dado para o qual José Sócrates teve dificuldade em responder. Francisco Louçã insistia e José Sócrates ia a reboque. Por vezes tentava mudar de tema mas o líder do BE conseguia retomar a discussão no seu ponto de preferência - a alegada carta do Governo ao FMI.

José Sócrates falou à "esquerda" com a enumeração de políticas sociais e tentou colar a imagem de "radical" ao BE com a renegociação da divida e, por outro lado, de servir de "muleta" à direita ao votar contra o PEC IV.

Se do ponto de vista do confronto directo Louçã levou a melhor, coloca-se a questão mais relevante que é: mas afinal quem ganhou em votos? Acho que foi o PSD. Porque:

- Nas últimas 48 horas o PS andou a rebater a proposta do PSD de baixar a Taixa Social Única. Segundo a carta mostrada por Louçã, afinal, o governo do PS também defende o mesmo.

- Os valores citados por Louçã e o conteúdo da carta revelaram que se trata de uma decisão tomada mas não anunciada

- Ou seja, "José Sócrates anda a esconder" o que negociou com a troika. O que vai ao encontro da mensagem que o sociais-democratas andam a tentar transmitir. O PSD iniciou um discurso ofensivo contra o líder do PS insinuando que José Sócrates não é de "confiança". Esconde, engana, mentir, omite são alguns dos vocábulos utilizados. Louçã, neste debate, foi assertivo nesta tese.

 

Este debate teve uma audiência média de 1.140 mil espectadores e o share foi de 30.2%

Vídeo do debate aqui

publicado por rgomes às 22:34
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Divergências sobre Rendim...

. PP Coelho - F Louçã

. Debate Louçã/Jerónimo com...

. Louçã ganhou. E nos votos...

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds