Terça-feira, 24 de Maio de 2011

Empate técnico - Universidade Católica

Sondagem publicada na RTP e DN realizada pela Universidade Católica.

Em comparação com a anterior o PSD sobe 2%  e os indecisos descem também 2%.

Todas as restantes forças partidárias mantêm a intenção de voto.

De sublinhar ainda que esta é a única sondagem feita com o método de voto na urna.

 

  Abril 1Maio 24-May
PSD 39 34 36
PS 33 36 36
CDS 7 10 10
CDU 8 9 9
BE 6 5 6
Indescisos 32 30 28%
publicado por rgomes às 20:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 21 de Maio de 2011

Debate P P Coelho - J. Sócrates

A sondagem da Uni. Católica deu a indicação que Pedro Passos Coelho esteve melhor no debate. Uma diferença de 13% em relação a Sócrates. No entanto, para mais de 50% o debate não foi conclusivo. De assinalar ainda que em termos de propostas - designadmente de economia - a sondagem revelou que Pedro Passsos Coelho levou vantagem em todas as áreas.

Muitas vezes, mais importante do que o que se passa na hora de debate, é a vaga de comentários e notícias. Nas primeias reacções, em oito comentadores televisivos, apenas dois consideram que Sócrates tirou vantagem do debate. No dia seguinte, alguns órgãos de comunicação social relataram que o debate não iria ter influência na mudança de voto,

Síntese do debate entre Sócratese Passos Coelho.

 - Uma observação: num jogo de futebol, ganha a equipa que marcou mais golos. Num debate ganha a equipa que convenceu mais adeptos que foram ver o jogo.

publicado por rgomes às 00:39
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Maio de 2011

Críticas ao despesismo e à ajuda externa pontuam debate na RTP1

Críticas ao despesismo público e à ajuda internacional a Portugal pontuaram esta noite o debate eleitoral na RTP1 entre sete partidos sem assento parlamentar, marcado igualmente por altercações entre os candidatos José Manuel Coelho (PTP) e Garcia Pereira (PCTP/MRPP). Fonte: Lusa

tags: ,
publicado por rgomes às 23:35
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Maio de 2011

Sondagem U Católica

Sondagem publicada a 6 de maio na RTP

  Abril 1Maio
PSD 39 34
PS 33 36
CDS 7 10
CDU 8 9
BE 6 5
Indescisos 32 30
publicado por rgomes às 12:32
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Maio de 2011

mano a mano

A RTP entrevistou Pedro Passos Coelho. Minutos antes, no Telejornal, marcou presença o ministro da Presidência durante uma dezena de minutos.

publicado por rgomes às 22:13
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 17 de Abril de 2011

Fernando Nobre

Pela polémica que causou e do que disse na entrevista à RTP, acho que vai ser um caso paradigmático da opinião publicada em pouco corresponder com a percepção de muitas pessoas/eleitores.

As elites, lideres de opinião, comentadores.... vão continuar a criticar Fernando Nobre. Os argumentos não são válidos, são contraditórios, um caminho sinuoso....

No entanto, para quem não acompanha a actividade política com muita atenção, quem não tenha a decisão tomada sobre o partido em que vai votar e que tenha visto a entrevista na RTP ficará com uma opinião bem diferente: Nobre foi simples, directo, emotivo e com grande franqueza.

Mais, com um discurso que devia ser o eixo da campanha do PSD - preocupação social, com a classe média e os mais desfavorecidos - e uma missão: Portugal.

Desta entrevista uma outra nota: a confiança que Fernando Nobre depositou em Pedro Passos Coelho e a forma como elevou o carácter e as preocupações sociais do líder do PSD. Repetidas vezes o disse. Neste aspecto, esta entrevista foi também um ponto positivo e muito relevante para Pedro Passos Coelho.

 

Podem dizer que nada do que Nobre se propõe fazer é competência do Presidente do Parlamento, que o perfil do cargo é outro... Tudo pode ser certo, mas o comum do cidadão não faz a mais pequena ideia do desempenho do cargo, do sistema de eleição....

Quem não tem opinião formada sobre esta polémica, gostou de o ouvir/ver, da imagem que transmitiu. Para muito, isto é o relevante.

 

publicado por rgomes às 22:30
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 5 de Abril de 2011

Equivocos

No dia 11 de Março, horas antes da Cimeira, Teixeira dos Santos anunciou o PEC IV e revelou o congelamento das pensões.

Ao final do dia o PSD disse que não aceitava o PEC e iniciou-se a actual crise poítica. Seguiu-se José Sócrates a dizer que se o PEC fosse chumbado renunciava ao cargo de Primeiro-ministro.

Com a crise instalada e as eleições à vista, António Costa disse que Teixeira dos Santos criou um grande equívoco quando apresentou o PEC IV. Na manhã seguinte, foi a vez de José Sócrates negar o congelamento das pensões confirmando que houve um erro de comunicação.

Curiosamente, agora, na entrevista à RTP, foi esse o termo que utilizou: congelamento das pensões.

 

Estes "equivocos" podem sair caro. Em situações muito sensiveis deve haver todo o cuidado. Mais ainda quando a oposição tenta acentuar a imagem de que o PM não fala verdade.

publicado por rgomes às 19:18
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Empate técnico - Universi...

. Debate P P Coelho - J. Só...

. Críticas ao despesismo e ...

. Sondagem U Católica

. mano a mano

. Fernando Nobre

. Equivocos

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds